domingo, 14 de outubro de 2012

Percorre


Percorre
Cada recanto de mim
Com o instinto de quem sabe,
Com a certeza de me descobrir.
Percorre
Todos os meus caminhos,
Desenhados em finos fios,
De pontas de dedos dóceis
E delicados.
Percorre
Trilhos novos sem saber
Calcorreados pela língua
Quente e molhada,
Carregada do teu sabor.
Percorre
Cada ponto que me faz estremecer
Deste corpo que te pertence,
Que apenas deseja de ti se preencher,
Em ti se perder,
A ti se entregar,
Nesse teu imenso saber
Como Mulher me fazer...

12/10/2012

2 comentários: