sábado, 27 de abril de 2013

Ah! Meu amor



Ah! Se eu te dissesse
O quanto te espero,
O que pelo meu pensamento passasse
Como se fosse um tormento,
Não aguentarias!

Ah! Se eu te contasse
Os caminhos percorridos
Pelos meus dedos na face,
Na pele e nos meus lugares
Escondidos,
Não aguentarias!

Ah! Se eu te confessasse
Todos os meus sonhos,
Loucos e dementes desvarios,
Onde és personagem principal,
Não aguentarias!

Ah! Se eu te sussurrasse,
Ao ouvido, baixinho
Que te pertenço por inteiro,
De alma aberta, sem preconceito,
De corpo ardente, febril de desejo,
Ah! Meu amor,
Não aguentarias
E a meus pés cairias!
 

 
24.Abr.13

7 comentários:

  1. Diz-lhe Cat! Não lhe escrevas mais.....

    Beijo *Estrela*do*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há palavras que por muito que se sussurrem ao ouvido necessitam ser eternizadas...

      Beijo(te) (e)terno.

      Eliminar
  2. lindo ...
    poderia ser eu a dizê-lo
    ;)
    bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então diz, não esperes! :)

      Beijo(te)

      Eliminar
    2. eu digo, de outra forma, mas digo

      :)

      bjs

      Eliminar
  3. Respostas
    1. É bom receber-te aqui!
      Um enorme para ti!

      :)

      Eliminar