sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Arrepio




Sinto um arrepio,
Feito do sopro de um sussurro
De palavras ditas
Em segredo,
Junto ao ouvido.

Sinto a pele
Que se entrega,
Sem demora,
Ao delírio
De um querer
Que não se conta,
Que é segredo.

Sinto-te o corpo
Quente, vibrante,
Poderoso no tomar,
Intransigente no tocar,
Indulgente no prazer
De me fazer te pertencer,
E tão ardentemente,
Te desejar.
 
17.Dez.13

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Bom sim, arrepio bom demais!

      Beijo(te) arrepiado!

      Eliminar
  2. Bom voltar a ler-te e intensa como sempre
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom é ter-te por cá MissM!

      A intensidade jamais me abandonará. Faz parte de mim, do que sou e como sinto! É assim que vivo!

      Beijo(te)!

      Eliminar