quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Corpo



Corpo que reflecte anseios,
Corpo que invoca desejos
Transformados em suspiros
Conjugados com sussurros,
Que aumentam e terminam em gemidos.
Corpo que é pele que arde
Em mil insanos desejos,
Pele que queima ao toque
Com o calor dos que são amados.
Corpo que é carne em pecado
Premente,
Urgente,
Desejado e assumido
Em cada passo que me leva ao teu
Doce e viciante

Beijo.


02/01/2013

5 comentários:

  1. Deposito(Te) o meu Beijo
    Sem pejo
    Na pele que (Te) desejo
    E na qual anseio pelo festejo
    Deste (meu) Ensejo
    Pelo (teu) Arquejo.

    Almejo(Te)
    Cotejo(Te)
    Beijo(Te)

    ResponderEliminar
  2. E o corpo é um caminho...

    Beijo d'(Ela)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um caminho sem retorno...

      Beijo(te) N'(Ela)

      Eliminar
  3. o corpo é uma infinidade de possibilidades infinitas...


    beijo

    -___-

    ResponderEliminar